Os chacras e a sua importância vital

Os chacras - o que são e para que servem, vão ser alguns dos pontos abordados neste artigo que o vai ajudar a uma melhor compreensão.

Chacra, uma palavra em sânscrito, que significa roda. Isto porque a rotação de um chacra se assemelha a uma roda, ou cone, em movimento. A título de exemplo, se tiver muita água numa banheira, agitar essa mesma água com muita força e, de repente, a remover rapidamente, formar-se-ia um remoinho muito parecido a essa roda, formando um cone.

O movimento de um chacra quando está a receber energia do meio ambiente é parecido a esse cone, que gira no sentido dos ponteiros do relógio. Por esta razão é que faz muito bem ir passear à natureza, à praia, à montanha ou até andar descalço, porque desta forma os chacras equilibram a sua energia naturalmente. Como consequência, sente-se um bem-estar, paz e tranquilidade, como se estivessemos mais leves!

Por sua vez, quando um chacra cede ou devolve essa energia ao meio ambiente, a sua rotação é ao contrário do sentido dos ponteiros do relógio. Assim, podemos verificar que nada no ser vivo trabalha autonomamente, tudo está em sincronia e harmonia perfeitas para manter a nossa vitalidade.


Então existem 7 chacras principais, mas existem muitos mais secundários. ☺

Cada chacra tem uma principal função biológica e está conectado a uma zona do sistema nervoso e do corpo físico, ao qual corresponde (ex: os órgãos). Os chacras mantêm a vitalidade através do sistema nervoso, os órgãos, células e membros de todo o corpo. Contudo, quando existe uma sobrecarga ou desequilíbrio numa zona, por exemplo, devido ao excesso de actividade de um determinado órgão, o chacra devolve essa energia, de maneira natural, ao meio ambiente.

Descrição do 7 chacras principais:


1º Chacra

Nome: Chacra Raiz

Este chacra representa a ligação à terra, à mãe natureza. É também onde estão localizadas as emoções como o medo, a negatividade, a insegurança e toda a matéria. Este chacra proporciona o enraizamento, muito importante para a ligação à mãe terra. Muito utilizado em meditações e terapias energéticas.


2º Chacra

Nome: Chacra Umbilical ou Sacro

Este chacra representa a parte da sexualidade, os relacionamentos, a criatividade e também encontrar soluções positivas para avançar.

3º Chacra

Nome: Chacra Plexo Solar ou Abdominal

Este chacra representa o poder pessoal, a auto-estima e a gestão dos desequilíbrios emocionais, como o stress e a ansiedade. Um chacra importante para a auto-estima e onde se gera o releasing, como um encontro da energia de todos os chacras que, em equilíbrio, se liberta por todo o corpo.

4º Chacra

Nome: Chacra Cardíaco ou do Coração

Este chacra representa o amor, o perdão, a aceitação e a compaixão. Um chacra muito importante, que nos ajuda na tomada de consciência através do amor incondicional e da gratidão.

5º Chacra

Nome: Chacra Laríngeo ou da Garganta

Este chacra representa a comunicação, a expressão através de uma comunicação verbal exterior e até interior, muito importante entre os pensamentos e as emoções.

6º Chacra

Nome: Chacra Frontal ou da Terceira Visão

Este chacra representa os pensamentos, as memórias e a intuição.

7º Chacra

Nome: Chacra Coronal ou Coroa

Este chacra representa a parte mais espiritual, a conexão com o universo e com outros chacras superiores no campo aureo.


Sendo o nosso corpo físico também composto pela sua parte energética, além dos chacras principais também existem chacras secundários. Estes chacras são designados secundários porque não estão situados no eixo central do corpo, mas são também importantes devido à sua conexão com outras zonas do corpo. No fundo, todo o corpo está composto por muitos chacras secundários, por exemplo, os chacras das mãos e dos pés. Todos os chacras estão sempre abertos e quando ouvimos que é necessário “abrir um chacra”, este conceito não é correcto, porque sendo centros energéticos, estes têm de manter a energia nas correspondentes zonas do corpo, por isso estão em funcionamento e não “fechados”.

De referir que a rotação dos chacras pode sofrer algumas interferências de partículas, por exemplo, de baixa energia, mas através da purificação ou equilíbrio destas partículas, os chacras podem recuperar o seu equilíbrio, harmonia e a capacidade de receber e dar energia.

Estes chacras, principais ou secundários, metaforicamente são como “grutinhas de emoções”, positivas ou menos positivas, que é importante manter em equilíbrio e harmonia. Esta harmonia pode ser feita através do contacto com a natureza, como já referimos anteriormente, mas também através de uma tomada de consciência da situação ou emoção, ou também através do Reiki. Porque o Reiki, como terapia complementar energética, harmoniza, dissolve bloqueios e leva a energia vital até onde a pessoa mais necessita.

Por isso, sempre que puder vá ao seu jardim, à montanha, ao rio ou à praia, faça uma caminhada , descalç@ de preferência, para que a energia flua desde o teu primeiro chacra até ao sétimo chacra. Através do contacto com a natureza, este processo é feito naturalmente, libertando essa energia que não é necessária, devolvendo-a ao meio ambiente e restabelecendo o seu equilíbrio e força vitais. Caso não seja possível, devido às condicionantes do dia-a-dia ou do local onde reside, pode sempre inscrever-se numa aula de Yoga ou agendar uma sessão da terapia Reiki - vai ver que se vai sentir bem mais leve e com força para seguir em frente na sua vida.

Experimente e, se quiser, escreva-nos e partilhe connosco a sua experiência!

Rafael Estanqueiro e Jessi Cruz

Especializados em Terapias Complementares

Reiki I Arolo I Hipnose I Cabala I Cartas OH e Meditação

Vem conhecer-nos em: www.retirate1dia.com