Mitos e benefícios do Reiki

Sabias que Reiki tem origem na língua japonesa e é composto por duas palavras?

REI = Universo e KI = Energia Vital .


A sua tradução mais simples é ENERGIA VITAL UNIVERSAL, que se encontra em todos os seres vivos, plantas, animais. Assim, esta energia envolve-nos de tal forma que trocamos energia com o ambiente constantemente, absorvendo, devolvendo ou transmitindo. Desta forma, e uma vez que todos os seres vivos são compostos por esta energia, a sua utilização canalizada é um poderoso agente harmonizador de equilíbrio e bem-estar.

Os benefícios de Reiki são imensos, como por exemplo, em situações de ansiedade muito presentes nesta Nova Era, ou em casos de stress, insónia, depressão, burnout, reabilitação, quimioterapia, etc.

O Reiki produz um profundo bem-estar, promove a abertura de consciência, reduz a ansiedade e stress no dia-a-dia, dissolvendo bloqueios emocionais, aumentando as defesas imunológicas e minimizando as dores, podendo ser associado a todos os tipos de terapias complementares. Contudo, o Reiki deve ser aplicado separadamente de qualquer outra técnica.

É importante, também, referir que o Reiki actua sem ser preciso haver contacto físico, tanto através de roupas, gesso ou qualquer outro objecto. Esta energia pode ser transmitida de pessoa a pessoa, de pessoa a animal e de pessoa a plantas. Reiki age harmoniosamente sobre os centros vitais e pode ajudar no processo de auto-cura do organismo. Por ser energia universal, age primeiro no campo energético, podendo levar até 12 horas a actuar no corpo físico. Este tempo depende do receptor e da sua requisição, mas a práctica tem demonstrado um bem-estar imediato.

Reiki não deve ser confundido com outros métodos de cura através da imposição de mãos, como massagem, por exemplo, porque Reiki actua numa frequência de energia própria; é também importante referir que Reiki não está associado a qualquer religião ou crença.


Tratando-se de uma canalização, ou seja, transmissão de energia através da imposição de mãos, portanto sem estímulos verbais ou outros; a harmonização no receptor acontece apenas quando for o melhor para si e a estrutura emocional ou mental o possa suportar. Por esta razão se desvanece a ideia, crença ou mito, de que com Reiki se pode controlar a mente ou manipular de maneira física ou mental.

Como já referimos anteriormente, sendo o Reiki Energia Universal, serve única e exclusivamente para ajudar seres vivos, como humanos, animais e plantas e não serve para carregar baterias de telemóveis, arranjar televisões ou encontrar lugares de estacionamento.

Uma outra questão refere-se aos nossos sintomas físicos: sabemos hoje que, antes das doenças se manifestarem no corpo físico, existe primeiramente um desequilíbrio a nível energético e que este é passível de tratamento com Reiki. Isto acontece porque, quando temos pensamentos negativos, de tristeza, ou até do passado, todas estas emoções vão sendo integradas no campo energético e que, por sua vez, mais tarde, são somatizadas a nível físico. Aliás, existem cada vez mais autores a falar deste tema: que as doenças têm uma origem emocional (Cure o seu Corpo, de Louise L. Hay, no qual a autora descreve as doenças a nível emocional, para ajudar numa nova tomada de consciência, um processo de auto-cura, que passa pelo auto-conhecimento).

Se leste o artigo até aqui, deves estar a perguntar-te: " Afinal, quem são os autores deste artigo e porque falam de Reiki?"

Somos Rafael Estanqueiro e Jessi Cruz, funcionários públicos, Mestres e especialistas em terapias complementares como o Reiki, Arolo, Hipnose, Cabala e Meditação e a nossa missão passa por ajudar e, também, desmistificar esta área. Somos pessoas “normais” e criámos o projecto “retira-te 1 dia” para ajudar a que se retire, nem que seja por um dia, da azáfama, do stress, do ruído da sociedade e se permita resgatar o seu poder pessoal, olhando para as emoções que estão dentro de si. Acreditamos que o Reiki é um caminho ao encontro da felicidade e que o auto-conhecimento é o sol que nos acompanha, dia após dia. Como cita o nosso querido amigo e Presidente da A.P.R. João Magalhães, “Tu és o rosto do Reiki”, confiamos que todos nós temos um propósito de vida e que esse propósito passa por encontrar o caminho individual da felicidade.

Relembramos-lhe que Reiki não substitui uma consulta ao médico, Reiki é um tratamento energético e que pode ser perfeitamente combinado como complemento a qualquer tipo de tratamento convencional. Reiki acelera a eficácia dos tratamentos médicos, ameniza os sintomas e minimiza os efeitos colaterais de tratamentos. Reiki só visa o bem-estar!

O universo é sábio e se está a ler este artigo, é porque o Reiki também, de alguma forma, faz parte da sua Vida. Sabe mais em www.retirate1dia.com e contacte-nos, teremos todo o gosto em ler a sua mensagem.

Gratidão e até breve, Rafael e Jessi