Dicas e previsões para 2022: numerologia cabalística

Atualizado: há um dia

Esta é uma análise da Numerologia Cabalística, a qual te apresentamos com as oportunidades e desafios para o ano 2022.


Sabemos que o ano novo traz novos planos e objectivos para a tua vida e, se calhar, que tu já começaste ou vais querer começar a planificar, para alcançar novos sonhos.

Para uma melhor compreensão do potencial desta informação, é importante a tua interpretação profunda e personalizada na tua própria vida.

Como já pudeste verificar, este novo ano traz muitos números 2 e queremos explicar-te o que significa esta numerologia.


A vibração do número 2 representa um amor supremo, um amor cósmico, ou seja, um amor incondicional. Representa também, a oportunidade de criares algo, quiçá novos planos, novas tarefas, a obtenção de mais conhecimento; mas surgirão dúvidas, a tal dualidade constante.

Por sua vez o número zero, representa a energia de Deus propriamente dito, ou seja, o Big-Bang, como tudo deu início neste Universo.

A sua soma representa o número 6, que significa: situações em que a alegria de viver estará muito presente na resolução de processos aprendizagem, processos de equilíbrio e harmonia entre o ser humano.


Na nossa perspectiva é que será um ano de muita resolução, principalmente daquelas situações que andas adiar para evitar a dor. Mas chegou o momento de não postergar mais e, por isso, queremos deixar-te algumas dicas:


- seguir em frente - vão surgir aqueles processos de aprendizagem por resolver, por isso não tenhas medo, ou se tiveres, vai em frente, mesmo com medo, pois ele (o medo) está aí para te proteger da dor.

- aceitar e resolver o que te traz dor, se que não consegues mudar, aceita, confia e faz a tua parte, o universo fará a dele.

- soltar o que te tira a alegria de viver: para quê continuar a insistir no que te tira alegria?

- mudar para resolver e encontrar a tua harmonia, não postergar mais, porque o tempo passa e a tua vida também. Depois da mudança vais encontrar o teu equilíbrio, porque já diz o ditado "quem muda, Deus ajuda!"